Abriu há pouco um Centro Comercial feito de contentores de navios usados

[wp_ad_camp_1]

Encontrámos a história na Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios da Globo (Brasil) e é com ela que escrevemos o primeiro artigo dedicado a centros comerciais não portugueses. O conceito é singular e tem como cenário, não o Brasil, mas a, provavelmente, mais conhecida cidade do mundo: Nova Iorque.

 

O Centro Comercial Delkab é constituído por 22 lojas singulares localizadas no bairro nova-iorquino de Brooklyn. Artesão, artistas, agricultores e chef’s de cozinha apresentam-se num mercado onde também não faltam uma cervejaria, uma bodega, fast food, slow food e até os estúdios de uma emissora de rádio… O que tem de especial este centro? Talvez o aspecto mais singular se encontre no facto de a infraestrutura ser composta por contentores reutilizados, contentores que anteriormente nevegavam pelo mundo fora, provavelmente carregando consumíveis destinados a outros centros comerciais.

Se um dia for a Nova Iorque, fica a dica para uma paragem atípica, fica na Avenida Flatbush em Brooklyn. Boas compras!

Lojas de rua estão a recuperar relevo face às lojas em centros comerciais?

Se, como escrevíamos num artigo anterior, “Trabalhar num centro comercial é mais prestigiante que numa loja de rua” ou aparenta ser para alguns dos trabalhadores de centros comerciais, algo parece estar a mudar de significativo no comércio de rua que também poderá mudar essa percepção.

A recuperação de interesse pelas lojas de rua em detrimento das lojas localizadas em centros comerciais parece ser uma das conclusões de um estudo recente da consultora Jones Lang LaSalle sobre o mercado português. No estudo “De volta à Rua” (clique para aceder)   a consultora avança com as principais tendência afirmando que:

“O comércio de rua está de volta e está na moda. Apesar da assumida dificuldade em se afirmar face ao Centros Comerciais, novas tendências de consumo estão a surgir, uma nova consciência e geração de consumidores procuram agora no comércio de rua uma lufada de ar fresco.”

A consultura esclarece qual a dicotomia fundamental que se encontra hoje entre os centros comerciais e as lojas de rua dando com exemplo claro de sucesso das segundas o que se está a passar na Baixa-Chiado em Lisboa.

” (…) A massificação de marcas e produtos dos Centros Comerciais Vs a exclusividade e originalidade de algumas marcas presentes em lojas de comércio de rua começa a ganhar terreno e a marcar a diferença.

Lojas de moda de luxo, grandes cadeias internacionais, lojas vintage, lojas gourmet, lojas especializadas, espaços multifuncionais, galerias de arte e lojas de design são alguns dos segmentos de actividade que podemos encontrar na oferta de comércio de rua.
São espaços com um estilo muito próprio, estudados ao pormenor, de forma a atraír com sucesso um consumidor muito habituado ao formato de Centros Comerciais, onde num só local, muito comodamente, consegue encontrar tudo o que procura.

A presença de grandes marcas tem revelado o potencial deste formato que constitui, sem dúvida, uma oportunidade de expansão para o mercado de retalho nacional. (…)”

Vale a pena percorrer o referido estudo e, em particular, as principais conclusões de que aqui deixámos apenas um breve excerto.

Trabalhar num centro comercial é mais prestigiante que numa loja de rua?

Em artigo recente do jornal Público deu-se nota de um estudo, sem representatividade a nível nacional, realizado com enfoque nas lojas de vestuário e restauração dos oito maiores centros comerciais da área metropolitana do Porto. Neste estudo, a investigadora Sofia Alexandra Cruz do Instituto de Sociologia da Universidade do Porto inquiriu 60 pessoas que aí desempenhavam trabalho a tempo inteiro ou parcial uma das conclusões, apesar dos aspectos potencialmente chocantes relativos à remuneração (máximo de 1190€), horários e condições de trabalho também sublinhados, é a de que os entrevistados preferem trabalhar num centro comercial em vez de trabalhar no comércio de rua. Porquê? Um excerto com essa reposta concreta:

” (…) Para a minha amostra, é mais prestigiante estar num centro comercial do que numa loja de rua. Estou a fazer um trabalho sobre outros grupos profissionais dentro dos centros comerciais – como a limpeza e a segurança – e uma empregada de limpeza dizia-me que preferia trabalhar num centro comercial porque havia pessoas bonitas, uma decoração agradável e ela, que já tinha trabalhado em hospitais, sentia-se melhor. (…)”

O artigo completo do Público pode ser lido aqui (clique aqui).

Évora Shopping com inauguração prevista no final de 2012 – início de 2013

Numa altura em que o boom das inaugurações de grandes espaços comerciais em Portugal é já uma memória do passado e em que a palavra crise é um facto do dia-a-dia, esperando-se que surja no futuro próximo sempre embrulhada em conjunto com perspectivas de agravamento, há ainda alguns escassos sinais de “fechamento” da malha de centros comerciais em centros urbanos ainda não saturados. Essa será a aposta presente no Évora Shopping, um centro comercial cuja construção agora se inicia (após vários adiamentos) e que deverá estar concluído no final do próximo ano ou inícios de 2013, naquela que é uma das raras sedes de distrito portugueses que ainda não conta com nenhum empreendimento com este enfoque e dimensão.

Segundo informação recolhida na imprensa, o Évora Shopping representa um investimento de cerca de 60 milhões de euros e ficará instalado numa zona comercial pré-existente, tendo por vizinhos o novíssimo Évora RetailPark (com cerca de 6 mil metros, tendo a Moviflor como loja âncora) e uma loja da cadeia Izi com cerca de 4 mil metros quadrados. Os investidores, a Madford Developments e a Imorendimento, acredita na viabilidade e oportunidade de um negócio que contará com cerca de 80 lojas instaladas numa área bruta locável (ABL) de 16.400 m2 a que corresponde uma área bruta de construção (ABC) de 20.030 m2.

O figurino do Évora Shopping, em termos de valências e filosofia comercial, não fugirá ao habitual, devendo os seus dois pisos contar com cinemas, restauração, supermercado e lojas âncora. Não obtivemos ainda detalhes quanto aos grandes retalhistas que estarão presentes.

Centro Comercial Arena Shopping lança concurso de fotografia entre clientes de sete concelhos

Centro Comercial Arena Shopping de Torres Vedras está a patrocinar até ao próximo dia 27 de Julho um concurso de fotografia chamado “O Nosso Oeste” que se desenrolará em duas fases. Numa primeira fase um júri escolherá a melhor fotografia de cada um dos concelhos de Alenquer, Bombarral, Cadaval, Lourinhã, Mafra, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras. As imagens vencedoras (prémio de 50€ em compras no centro comercial via Mundicenter Gift Card) serão depois submetidas a escrutínio popular entre os dias 29 de Julho a 12 de Agosto através de uma votação online (através do sítio do Centro Comercial Arena Shopping de Torres Vedras), sendo o vencedor premiado com um Iphone 4.

Quem estiver interessado em concorrer poderá fazê-lo até dia 27 de Julho para o e-mail passatempos.arena@mundicenter.pt, cuidando de identificar o autor, o título da imagem e  o local que retrata. Cada fotografo a concurso pode enviar no máximo quatro fotografia, cada uma com um máximo de 3MB  (formatos aceites:  jpg, png, gif ou tif).

Mais detalhes do concurso nesta ligação (clique aqui).

Forúm Montijo com espetáculos musicais nas noites de sexta e sábado até 27 de Agosto 2011

Durante duas a três horas, nas noites de sexta-feira e de sábado, até ao próximo dia 27 de Agosto, o Forúm Montijo será animado com espetáculos musicais que terão lugar na nova esplanada do complexo comercial. Segundo a Multi Mall Management, gestora do espaço, nas noites de sexta-feira, entre as 21 e as 23 horas realizar-se-ão  espetáculos com música ao vivo, enquanto nas noites de sábado, das 20h às 23h, o palco será entregue a DJ que terão por responsabilidade animar o público, adivinhando-se o recurso a bossa nova, jazz e pop music.

Esta iniciativa sob o lema “Celebrar o verão”, iniciou-se a 1 de Julho e deverá terminar a 27 de Agosto.

Centro Vasco da Gama dinamiza o “beer deck” e renova comunicação

O “Beer Deck”, 3º piso do Centro Comercial Vasco da Gama está a ser alvo de uma acção promocional conjunta da  Frize e de dois dos restaurantes aí localizados, as cervejarias Lusitana e Portugália. Entre os motivos de atracção que consubstanciam esta iniciativa já em curso e que decorrerá ainda nos próximos dias 20 e 21 de Julho, conta-se a presença de um DJ acompanhado de saxofonista ou acordeão. Este evento marca ainda o pontapé de saída para uma nova linha de comunicação global deste centro comercial localizado na zona oriental de Lisboa, antiga zona da Expo 98. Segundo a empresa responsável pela comunicação, a Santa Fé, o objectivo será de vincar o posicionamento do centro como espaço de compras mas também de passeio.

Recorde-se que o Centro Comercial Vasco da Gama fica implantando numa das zonas da capital que mais cresceu em termos habitacionais nos últimos 10 anos, contando com um publico potencial onde predomina a população activa ainda jovem e com poder de compra acima da média.

Dolce Vita Funchal lança “Hora Pequenina” programa de esclarecimento sobre a gravidez

[wp_ad_camp_1]

Desde hoje e até 23 de Julho de 2011, o Centro Comercial Dolce Vita Funchal (do grupo Chamartín Imobiliária) juntamente com a Clínica do Amparo, a Academia Nova Era e o Centro da Mãe realizarão vários workshops na iniciativa “Hora Pequenina” nos quais, através da disponibilização de vários especialistas (ginecologistas, obstetras, pediatras,  nutricionistas, psicólogos, professores de Yoga, enfermeiros, etc) se procurarão retirar dúvidas sobre vários aspectos relacionados com o antes, o durante e o depois da gravidez.

As sessões são livres mas carecem de inscrição prévia podendo ser feitas no centro comercial, no balcão de atendimento, ou através do número 291 215 420.

Eis o programa detalhado com o respectivo horário:

Programa:

  • 2ªf, 18 de Julho, 18h00 – Nutrição na gravidez e infantil
  • 3ªf, 19 de Julho, 18h00 – Noções de preparação para o parto e recuperação pós-parto; 19h30 – A 1ª semana do bebé
  • 4ªf, 20 de Julho, 18h00 – Pré-concepção e problemas mais frequentes na gravidez; 19h30 – Brincar com o bebé no 1º ano de vida
  • 5ªf, 21 de Julho, 18h00 – Preparação aquática no pré e pós-parto; 19h30 – Psicologia da gravidez
  • 6ªf, 22 de Julho, 18h00 – Células estaminais: o que são e para que servem
  • Sábado, 23 de Julho, 11h00 – Yoga para crianças; 16h00 – Yoga para grávidas


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/economi/public_html/melhorescentroscomerciais.com/wp-includes/functions.php on line 5107